Não há voz na natureza