Texto para debate do livro “O Discurso da Estupidez”